Retalhos e Devaneios

Retalhos e Devaneios

Páginas

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Quando eu morrer...

Ah quando eu morrer os mortos comemorarão!! Uh finalmente esta mulher chegou, aqui andava meio pacato demais. Festas e condecorações. A natureza se movimentará, o vento fluirá. Afinal um espírito tão movimentado tomará a dimensão de vento.
Ah quando eu morrer os vivos sofrerão, chorarão o maior dos desesperos. - Que linda que era! Que jovem que era! (independente da idade) Que inteligente! Que figura que se foi! Oh
nada mais nessa vida terá sentido!!! Ela era o início, o fim e o meio!!! Como ouvir suas músicas? Como ver suas roupas? Como viver sem seus argumentos! Seus contos! Mandos e desmandos! Sua cor! A partir de agora tudo preto e branco! Ela era cor! Ela era arco-íris! - Minhas roupas disputarão! Meus perfumes cherarão! Meus escritos roubarão! Minhas fotos sumirão! Seus desejos dobrarão!
   Ah quando eu morrer alguns suspirarão, susperos aliviados - até que enfim! -  dirão ressentidos -  como demorou, achei que nunca teria paz! -  Sua presença ameçava! Seu brilho me cegava! Seu encanto me enciumava! - Ódios e ressentimentos ressurgirão, mas ficará o vazio. Ela não existe e agora o que colocarei no lugar? Como alimentar o buraco! Não podia tê-la, não podia sê-la! Como vou me aturar agora!
Mas efim, viva estou, não tenho medo da morte de forma alguma! Serei uma caveirinha maravilhosa! Conviverei bem com os mortos, acredito que devem ter mais o que me contar do que os vivos, muitas vezes tão chatos, tão sem novidades, tão previsíveis. Ah de convir que pelo menos a morte não é tão previsível assim. Viva os mortos! hehehe Vivam todos os mortos! Afinal se há gente que vive como morto! Deve ter morto que vive com muita vida! Assim creio!!!


Descupem, mas hoje o dia pede um devaneio!!! E se não gosta de devanear, sai daqui!! hahahaha Mas se gosta, fica e participa que és muito bem-vinda!!!

Imagens das caveirinhas paixões de sempre, retiradas do google e de Sylvia Ji